Casamento evangélico: Veja como funciona e ideias para a cerimônia!

Casamento evangélico

Muitas pessoas não abrem mão de suas tradições religiosas em ocasiões especiais como o casamento, afinal, trata-se de uma maneira de perpetuar suas crenças e permitir que as bênçãos da religião também se estendam a um momento tão especial. Quem pertence a alguma igreja evangélica pode se perguntar se é possível seguir essas tradições e mesmo assim realizar uma cerimônia que seja agradável para o casal e para os convidados também. Se você é uma dessas pessoas que desejam saber mais sobre como realizar um casamento evangélico, esse artigo irá te ajudar.

Como é um cerimonial de um casamento evangélico?

A principal característica de um casamento evangélico é a presença de alguma maneira de culto e adoração como forma de agradecimento pelo evento. Esse tipo de gratidão pode ser expressado por meio de uma oração, um louvor, um culto, dentre outras formas. Além disso, existem outras características marcantes em um casamento evangélico:

  • O casamento é celebrado por um pastor, ministro ou bispo que dirige a cerimônia e permite e dá ao casal a última benção. Geralmente, a ministração dessa pessoa é acompanhada pela leitura da bíblia e uma curta pregação.
  • Todo o casamento é contemplado com louvores, que podem ser cantados durante a entrada da noiva na igreja ou durante a cerimônia.
  • Se os noivos são presentes na igreja, é comum que as pessoas participantes dessa comunidade sejam convidadas. Por isso, trata-se uma cerimônia para muita gente, na maioria das vezes.
  • Geralmente, uma criança entra com a bíblia aberta antes da noiva.
  • Músicas evangélicas são tocadas na festa, mas isso não quer dizer que a playlist não possa se estender a canções que fujam do estilo gospel.
  • A festa, geralmente, não possui bebidas alcoólicas.

Casamento evangélico

Casamento evangélico tem padrinhos?

Por muito tempo, os casamentos evangélicos foram praticados apenas com a escolha de um casal de padrinhos, que entregavam as alianças aos noivos na igreja. Esse casal era escolhido de acordo com sua importância na vida do casal e eram os responsáveis pela vida espiritual do casal.
Atualmente o critério de escolha dos padrinhos se mantém, porém, é comum que os noivos escolham diversos casais de amigos e familiares também abençoarem esse tipo de evento. Geralmente, primeiro entram na igreja os escolhidos da noiva e, posteriormente, do noivo.

Quais músicas escolher?

A escolha da música também é um impasse para as noivas evangélicas, já que em muitas igrejas é comum que se escute mais músicas do estilo gospel. Realmente, essas músicas são bem-vindas a esse tipo de evento, principalmente por representarem parte da tradição evangélica.

Porém, é possível criar uma playlist de músicas não evangélicas que podem animar o casamento, sem que isso deixe noivos e convidados desconfortáveis. A grande dica nesse caso é que noivos façam uma seleção minuciosa das músicas e optem por escolher aquelas que possuem letras que não comprometem ou firam os princípios da religião.

Outra opção que pode funcionar em um casamento e evangélico é a contratação de uma banda ou DJ especializado nesse tipo de evento. Assim, esses profissionais serão capazes de escolher e combinar previamente com os noivos quais músicas serão tocadas.

casamento evangélico

Como fazer casamento evangélico simples

Um casamento evangélico simples pode seguir as dicas dos demais e, nesse caso, é sempre bom se atentar aos detalhes. Primeiramente, as cores ajudam a dar mais simplicidade para qualquer tipo de espaço. Por isso, vale a pena apostar na harmonização de tons, principalmente, se eles forem mais sóbrios. O contraste também pode ser bem-vindo, desde que não se exagere na sobreposição de tons.

Elementos naturais também ajudam na composição de um ambiente simples. Nesse caso, vale a pena postar em arranjos de flores simples, colocados em vasos menos detalhados e com detalhes manuais, de preferência. As cores dos arranjos também fazem diferença e tons mais claros podem aumentar a sensação de leveza e simplicidade.

A forma como as mesas são organizadas também ajuda a determinar a simplicidade da decoração. Por isso, é importante que se atente à escolha do tipo de material e da cor das tolhas, além dos objetos que serão colocados sobre elas. Vale lembrar, que não existe a necessidade de se exagerar no número de elementos utilizados na decoração da mesa. Nesse caso, menos é mais e isso pode contribuir para uma decoração mais leve e simples.

Pronta para o seu casamento evangélico? Gostou das nossas informações? Deixe seu comentário! Compartilhe sua experiência com a gente!

Compart. 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *